Cicloamazônia

Uma travessia de bicicleta pela Transamazônica

De Lábrea à Humaitá em números


Primeira etapa da viagem concluída. Viajamos de Lábrea até Humaitá em três dias. Fomos muito bem acolhidos nas vilas existentes no caminho, onde pernoitamos e, apesar do cansaço, fizemos uma viagem relativamente tranquila.

Uma balsa quebrada no caminho facilitou nossa vida, já que carros e caminhões ficaram temporariamente impedidos de trafegar. O trânsito local já deu uma ideia do que vamos enfrentar pela frente. Cada veículo que passa pela Transamazônica levanta uma nuvem de poeira densa, que torna difícil enxergar e respirar. A estrada é um conjunto de buracos e completar 70 km por dia foi um desafio e tanto. Pedras, areia escorregadia e mudanças constantes de terreno maracaram este primeiro trecho.

Fora o calor. Entre às 11h e às 15h é simplesmente impossível de pedalar. Nós até tentamos, mas o corpo fica mole e não dá para prosseguir viagem. Nas demais horas, mesmo com chapéu, camisas de manga longa e protetor, a pele fica curtida pelo sol.

Alguns números até agora:

– Três dias de viagem
– 229,94 km percorridos
– velocidade média de 12,6 km/h
– velocidade máxima de 25,6 km/h
– um bagageiro dianteiro quebrado
– dois tombos bobos
– uma insolação
– um peixe pescado
– três pacotes de macarrão
– 36 litros de água consumidos (água de rio tratada com cloro)
– meio quilo de arroz
– 28 maxixes (alguns descascados no dente durante a pedalada)
– 2 kg de poeira acumulados no corpo e ingeridos, aproximadamente

🙂

6 Comments on “De Lábrea à Humaitá em números

  1. tato
    10/08/2012

    O Cabelo barbudo!! taí uma coisa que eu ainda não tinha visto!!
    Detona na trip mano! bem legal o blog!

    força aí!!

    t.

  2. Caju
    13/08/2012

    Daniel,

    Aqui é o Caju, mano! Minha sensação é uma mistura de orgulho e inveja: que viagem maravilhosa, que aventura inesquecível!

    Parabéns! Sem desanimar!

    Abs

  3. Andreia Fanzeres
    15/08/2012

    Turma do pedal, estamos acompanhando essa odisséia amazônica com muito orgulho!
    Parabéns por cada metro vencido e cada reflexão sobre as magrelas.

    Viva a Amazônia!

    Abraços fortes,

  4. Pedro
    16/08/2012

    Muito legal, Daniel, boa viagem aê!

    abss.

  5. Toshio
    16/08/2012

    Parabens galera, nós do CicloBR estamos acompanhando a jornada!

  6. Tom Bike
    16/08/2012

    Maxixe é comida de galinha rapaz! hehehe Brincadeira, gosto muitcho!

    E os quilômetros passam… 😉

    Tudo de BOM!

    Abraço do Oton!

Comments are closed.

Information

This entry was posted on 09/08/2012 by and tagged .

Calendário

December 2017
S M T W T F S
« Sep    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31